Descubra as zonas erógenas da mulher e do homem

Mapa do prazer: Zonas erógenas femininas e masculinas

Quando falamos sobre prazer e excitação é difícil estabelecer limites ou saber exatamente o que dá prazer ao outro na hora do sexo. No entanto, cada um de nós possui áreas de preferência em nossos corpos para o prazer: as chamadas zonas erógenas.

Neste artigo você vai conhecer melhor quais são as zonas erógenas da mulher, zonas erógenas do homem e como melhor estimular cada uma delas para alcançar o máximo de prazer possível.

E para começar, vamos explicar melhor o que são as zonas erógenas e como elas são ativadas.

O que são zona erógenas?

As zonas erógenas são áreas do nosso corpo que possuem alta sensibilidade e que, muitas vezes, quando estimuladas, podem resultar em uma resposta sexual. Essas partes do copo são extremamente sensíveis pois possuem elevada concentração de terminações nervosas.

Diferente do que se pode imaginas, as zonas erógenas estão espalhadas por todo nosso corpo. Mas o grau de sensibilidade de cada uma pode variar de acordo com o número de terminações nervosas.

O que são zonas erógenas

As respostas aos estímulos a essas áreas também podem variar de acordo com cada indivíduo. Carícias e toques suaves nessas zonas são uma excelente forma de melhorar a conexão com a outra pessoa e aumentar o nível de excitação do momento.

Massagens e toque com os lábios (beijos e língua) também são ótimas forma de estimular as zonas erógenas do parceiro(a).

Mas não se engane. Não há uma fórmula única para todas as pessoas. Além da variação de pessoa para pessoa, há as diferenças de sensação de prazer entre mulheres e homens. Confira a seguir.

Quais são as zonas erógenas femininas?

As zonas erógenas da mulher podem ser bastante variadas e, claro, ter intensidades diferentes de mulher para mulher. Mas separamos aqui algumas das principais zonas de prazer que você pode testar na sua parceira – lembre-se sempre de manter a comunicação e saber o que ela mais gosta.

Orelhas

Por ser bastante sensível, com centenas de receptores sensoriais e pele sensível, a orelha pode ser um ótimo caminho para o prazer dela. Fazendo carinho ou beijando levemente os lóbulos, você pode levá-la à loucura.

Seios

Toda região dos seios pode gerar prazer para elas, mas a parte mais sensível são os mamilos. Apenas tome cuidado para não se empolgar nas carícias, pois a sensibilidade pode ser grande nessa área para elas. Mas para quem aprecia fetiches mais intensos, como BDSM, é possível ousar com estímulos mais fortes. Na dúvida, comece devagar e pergunte sempre o que ele gosta ou não.

Coxas e nádegas

Assim com as coxas (parte interna), as nádegas possuem grande sensibilidade no corpo da mulher. Portanto podem e devem ser uma zona erógena exploradas pelos homens, seja com toques com as mãos ou com os lábios.

Zonas erogenas femininas - coxas e nádegas

Atrás dos joelhos

Pode parecer estranho, mas as dobras atrás dos joelhos dela concentram alta sensibilidade e são consideradas uma das principais zonas erógenas paras as mulheres. Para fazer melhor uso dessa zona de prazer, a outra pessoa pode executar massagens, carícias com as mãos e dedos, além de beijos e até algumas leves mordidas.

Clitóris

É claro que ele não poderia faltar. Essa parte da vulva da mulher, com o tamanho de uma ervilha, é a zona erógena mais poderosa do corpo feminino, com mais cerca de 8 mil terminações nervosas. Por ser extremamente sensível, o estímulo deve ser feito devagar com bastante suavidade no início. Só depois que você tiver uma resposta positiva dela, tente diferentes toques, movimentos e intensidade – aqui, o orgasmo é quase certo, então invista um tempo nessa região.

Ponto G

Localizada entre 5 e 7 centímetros depois da entrada da vagina, essa zona erógena também possui bastante terminações nervosas e está ligada com a rede clitoriana. Aqui é importante que o casal descubra, por exemplo, qual é a posição sexual (e que tipo de movimentação) que mais estimula essa área interna dela.

Quais são as zonas erógenas masculinas?

Quando falamos deles, muita gente pode pensar que apenas o pênis e os testículos têm vez. Mas isso não é verdade. Homens também têm várias partes do seu corpo que, quando estimuladas, podem dar muito prazer e até mesmo, leva-los ao orgasmo, dependendo da sensibilidade e da intensidade do estímulo. Confira agora as zonas erógenas do homem.

Peitoral

Assim como para as mulheres, a área peitoral é uma zona erógena. Como na versão feminina, a sensibilidade muitas vezes pode estar concentrada nos mamilos, mas também vale explorar os pelos (quando ele tem), além de carícias, mordidas leves e beijo em toda região.

Mãos

Apesar de ser uma área menos falada ou óbvia, pode ser uma área de muito prazer para homens – especialmente para aqueles que têm pele fina. A outra pessoa pode utilizar as próprias mãos e lábios para estimular ou mesmo ser mais criativa e posicionar as mãos dele no seu corpo.

Zonas erogenas masculinas - mãos

Testículos

O testículo é obviamente uma das mais poderosas zonas erógenas no corpo masculino. Estímulos com dedos, línguas e lábios de forma lenta e sensual podem levar ele ao ápice do prazer. O estímulo nos testículos também pode ser acompanhado pela masturbação – por que não mútua?

Períneo

O períneo é a região entre os testículos e o ânus dos homens. É uma zona de prazer, mas deve ser estimulada com delicadeza, com dedos e bocas, e de acordo com a reação dele – por ser tabu para alguns, recomenda-se conversar antes com o parceiro e ver se ele estará confortável com esse tipo de carícias.

Zonas erógenas em comum para mulheres e homens

Apesar de todas as particularidades entre homens e mulheres, há algumas zonas de prazer que são comuns entre os sexo. Confira abaixo quais são as principais delas.

Nuca e pescoço

O pescoço talvez seja uma das zonas erógenas mais conhecidas e estimulada por muitas pessoas. Mas muita gente se concentra na parte posterior. Porém, leve toques com as pontas dos dedos na nuca dela podem ser o paraíso para elas. Quando possível, use também seu lábio para estimular e causar um verdadeiro arrepio nela.

Assim como para mulheres, a região da nuca e da parte superior da cabeça podem proporcionar a ele muito prazer. Massagens no coro cabeludo ou o bom e velho cafuné pode levá-lo à loucura.

Por ser uma área bastante irrigada com um alto fluxo sanguíneo, o pescoço é também uma das principais zonas erógenas para os homens, assim como mencionamos para mulheres. Não seja tímido(a) e explore a região com carinhos, beijos e lambidas.

Costas (lombar)

Com a presença dos nervos da região lombar, essa região tem alto potencial para estimulação sexual. Seja com carinhos mais leve ou pressão mais forte, muitas mulheres têm profundo prazer nesta parte do corpo. Uma boa dica é experimentar uma variação de calor e frio, com bolsas térmicas ou gel e óleos, o que pode aumentar a intensidade das sensações no local.

Estímulos nas costas dos homens, especialmente na região lombar, também são bastante prazerosas para ele. Para melhor aproveitar a sensibilidade da área, a outra pessoa pode usar as pontas dos dedos ou unhas para carinhos leves, e descer por exemplo para região da virilha.

Zonas erógenas em comum entre mulheres e homens

Abdômen

Nessa região, que pode se estimulada por ela ou por outra pessoa, possui uma posição bastante privilegiadas, perto dos órgãos genitais dela. Portanto, o estímulo, com mãos ou lábios tem o real pode de aumentar o fluxo de sangue na região da vaginal, especialmente no clitóris.

Igualmente para as mulheres, o abdômen está bastante ligado com a área genitais dos homens, tornando carinhos e estímulos nessa zona ainda mais prazerosa e excitante para ele

Virilhas

A virilhas também tem um grande poder na hora de estimular e dar prazer às mulheres. Toques leves e beijos podem ser uma boa opção para aderir às preliminares e aumentar o prazer delas ainda mais.

A virilha também é uma área bastante estimulante para os homens. Especialmente porque seu estímulo, seja com as mãos, bocas ou outras formas, estará diretamente conectada com o pênis e os testículos.

Descubra as zonas erógenas da outra pessoa

Como falamos anteriormente, apesar de haver algumas zonas erógenas em comum de pessoas para pessoa, o que realmente dá prazer ao outro pode variar e depender de vários fatores, que incluem desde a sensibilidade do corpo até o quão conectada a pessoa está com o parceiro ou parceira.

Portanto, o ideal é conversar e manter a outra pessoa sempre a par daquilo que está dando prazer no momento e que você quer que seja mais estimulada ou ganhe mais atenção em cada uma das circunstâncias, que podem ou não ser relações sexuais.

Se você quer conhecer melhor as zonas erógenas ou zonas de prazer, porque não experimentar uma das acompanhantes do Vivalocal para ajudar você nessa busca excitante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top