O que é um fetiche?

O que é um fetiche? Veja a lista das principais fantasias sexuais

No passado, ter um tipo específico fetiche era bastante estigmatizado. No entanto, com a evolução dos estudos com relação ao sexo, nos tornamos mais abertos quando se trata dos assuntos relacionados ao que se faz entre quatro paredes.

De acordo com o estudo do The Journal of Sex Research (em inglês), aproximadamente metade de nós tem interesse em comportamentos sexuais considerados “anômalo” – com um terço de nós satisfazendo esses desejos ao menos uma vez.

Então, o que são os fetiches sexuais? E o que significa ter um fetiche erótico?

O que é um fetiche sexual?

Fetiche é uma forma de desejo tipicamente sexual. Normalmente conectado a certas áreas do corpo ou a um objeto específico, fantasiando sobre ou tocando fisicamente, o resultado é um excitamento sexual, seguido por ereção e orgasmos.

É importante destacar que fetiches não são apenas desejos masculinos, mas muitos também têm a sua própria forma de ficar excitado(a).

Atualmente, sem o tabu de falar sobre esse assunto, mais pessoas estão podendo ter a experiência de vivenciar suas fantasias.

Na verdade, após o fenômeno de audiência dos Cinquenta Tons de Cinza, a vergonha relativa aos fetiches começou a desaparecer.

As causas mais comuns dos fetiches

Muitos especialistas dizem que não há uma causa para muitos dos fetiches. No entanto, alguns afirmam que muitos dos desejos podem ter origem na infância. Alguns, inclusive, suscitam a possibilidade de muitos fetiches serem desenvolvidos antes da pessoa estar consciente da própria sexualidade.

A terapeuta e educadora sexual corporal Anna Stella Sonnenbaum afirma que fetiches surgem das experiências do passado. De acordo com Sonnenbaum, sendo um trauma, “um estetoscópio ou uniforme de enfermeira podem ser fetiches ligados a crianças traumatizadas por tratamento médicos, tornando sua resposta emocional em um prazer sexual para sua resolução”.

Porém, de acordo com a especialista é importante também entender que “nem todo fetiches está relacionado com um trauma. A área de sensibilidade dos pés no córtex cerebral está localizada muito próxima a região conectada com as genitálias, então faz sentido que muito fetiches sejam concentrados nos pés”.

Para muitos, o conceito de fetiche é o de excentricidade e de afastamento do que é considerado atividades sexuais tradicionais e normais. Mas a maioria dos fetiches não indica uma doença mental.

Embora seja uma conduta sexual mais arriscada para alguns, ela vai além de uma relação sexual comum. Portanto, os fetiches permitem explorar os desejos mais profundamente, sem o medo da vergonha ou julgamento.

Os fetiches mais populares

Acontecendo em muitos quartos e, é claro, além, nossos dados sugerem que muitos fetiches, principalmente os sexuais, são mais comuns do que você imagina inicialmente.

Veja aqui uma lista bastante completa com a explicação de cada fetiche.

  • BDSM – Também conhecido como bondage (escravidão) e disciplina, dominação e submissão, sadismos e masoquismo. BDSM é totalmente sobre poder entre dois adultos em consentimento com a pessoa submissa realizando tudo que o dominante mandar.
  • Fetiche por pé – Referido por alguns como adoração aos pés, esse fetiche é consideravelmente comum e leva o conceito de massagem outro nível, com beijos e cheiros envolvidos.
  • Cross Dressing (transformismo) – É o ato de usar roupas e acessórios que pertencem ao sexo oposto. Imensamente popular para muitos, o cross dressing permite às pessoas se vestirem sem julgamento por parte da sociedade.
  • Swing – O mais interessante fetiche para muitos casais, o swing envolve troca de parceiros com total consentimento dos dois lados. Seja um relacionamento com outros indivíduos ou com casais, é também conhecido como troca de esposa.
  • Sexo em grupo – Ter sexo com mais de uma pessoa, seja a três ou uma orgia, é um fetiche comum de muitas pessoas. Funciona em um ambiente seguro no qual todos os participantes dão consentimento.
  • Edge Play – É uma forma de controlar o orgasmo, o edge play funciona em todas as genitálias, e permite o parceiro submissivo a ser levado ao limite – mais é interrompido antes do clímax. Isso pode ser feito repetidamente.
  • Chuva dourada – Apesar de não ser amplamente discutido, ficar excita com o ato de urinar é um fetiche comum, e tem seu próprio termo: urofilia.
  • Voyeurismo – Um doa fetiches mais populares de todos, o voyeurismo é um fetiche de observação. Pessoas ficam excitadas vendo corpos nus ou assistindo pessoas fazendo sexo. Como a internet pornô no ápice, este é um fetiche que muitos não tem consciência que possuem, mas com certeza muito praticado em tempos de distanciamento social.
  • Masoquismo – Um fetiche que envolve uma pessoa tendo seu prazer derivado da dor do outro, o masoquismo pode ser praticado de forma física ou emocional. O resultado é uma forte sensação sentida por palmadas, humilhações, ou até mesmo cuspindo na outra pessoa.
  • Engasgar – Este é o ato de engasgar-se levemente com alguma coisa, geralmente com um pênis. O estágio de excitação neste caso provém do homem ser grande o suficiente para induzir o som de engasgos na outra pessoa. Da mesma forma, do(a) parceiro(a) pode achar agradável o ato de engasgar-se com algo dentro da garganta.
  • Exibicionismo – Preferido por muitas pessoas pelo elemento arriscado, o exibicionismo refere-se ao sexo ao ar livre, e a emoção de ser pego a qualquer momento por quem estiver por perto. Vale lembrar que as varanda também contam aqui.
  • Couro / Látex / Borracha – Seja ficar excitado com a sensação do látex, couro ou borracha, ou pelo cheiro, esse tipo de material gera muito excitamento sexual naqueles que tem esse fetiche. Isso é normalmente usando com forma de servidão.
  • Encenação – A encenação de papeis é uma maneira de vivenciar personagens que existem apenas fora de nossas vidas cotidianas e aumentar o prazer sexual por meio de algumas habilidades de imaginação. Este é um fetiche que pode se adequar a quem pratica, seja clássico, comum ou mesmo chocante, como você quiser.
  • Uniformes – Parecido com encenação, os uniformes podem gerar excitação por homens ou mulheres vestidos com uniformes específicos. De policial a bombeiros, enfermeiras a professoras, a encenação pode ser adicionada aqui para aumentar a intensidade.
  • Anal – Apesar de não ser considerado um fetiche propriamente, muitas pessoas ficam excitadas com o conceito de sexo anal. Por esta razão, tornou-se socialmente mais aceitável homens e mulheres desfrutarem do ato.
  • Sufocamento – Normalmente, o mais problemático dos fetiches, o sufocamento é usado gradativamente durante o sexo, mas em qualquer nível é perigoso. Considerado um jogo de limites, sufocamento envolve abrir mão de qualquer controle, por isso exige consentimento, compreensão e extrema precaução.
  • Roupa íntima usada – Algumas pessoas, particularmente homens, gostam do cheirar as roupas íntimas de mulheres. Sejam largas, apertadas, ou outros itens de roupas íntimas, o ato do cheirar essas peças de roupa pode estimular sexualmente muitas pessoas.
  • Humilhação – Nem todos os fetiches são físicos, e a humilhação é um exemplo disso, com o uso de linguagem para elevar as sensações no sexo. Isso pode variar entre xingamentos até a abusos verbais, mas quando acordados previamente pode ter um poderoso impacto psicológico positivo durante o ato sexual.
  • Dogging – Esse fetiche envolve o antigo ato de fazer sexo em um carro, mas agora é mais conhecido por seu elemento de voyeurismo por aqueles que desejam que os outros assistam sinalizando isso com a luz interna do carro.

Os fetiches são normais e seguros?

Mãos-amarradas-na-cama

Fetiches talvez ainda não sejam um assunto amplamente debatido. No entanto, muitos de nós ainda os temos e agimos com relação a eles de forma segura.

Para muitas pessoas, esta é uma forma saudável de liberar os desejos de controlar o ambiente e normalmente com parceiros que compartilham das mesmas necessidades. Finalmente, garante que as pessoas não sofram em silêncio ou sintam isoladas em razão destes desejos.

Porém, dito isso, há momentos em que algumas pessoas fazem de seus fetiches algo problemático. Assim, ocasionalmente, alguns fetiches vão além dos limites aceitos.

Isso significa que os envolvidos não consentiram ou que os desejo em questão levam à angústia, física e mental e, em alguns casos, até a uma potencial morte.

A coach e sexóloga certificada Gigi Engle diz que praticar segurança ao explorar um fetiche é “conhecer seu fetiche e como trazê-lo para o sexo de maneira segura”.

Melhorando sua vida com fetiches sexuais

Se todos os que participam de um fetiche concordam plenamente, e se isso não prejudica alguém, um fetiche pode ser uma ótima experiência.

Nem é preciso dizer que alguns dos mais arriscados, como dogging e exibicionismo, devem ser cuidadosamente considerados devido suas possíveis consequências.

Desde que os níveis de conforto sejam discutidos antecipadamente, a segurança é fundamental e um elemento primordial de confiança – um fetiche pode ser a maneira ideal de levar sua vida sexual para o próximo nível.

17 thoughts on “O que é um fetiche? Veja a lista das principais fantasias sexuais

  1. Sensacional. Já vivi alguns desses aqui relacionados e posso garantir que praticando alguns, com certeza o ato sexual se torna muito mais interessante.

  2. Ser bissexual é ter o completo sentido do sexo, conhecendo os dois lados, ativo e passivo, gostar de homens e mulheres, é o topo do conhecimento do prazer sexual.

  3. Eu tenho vários feitiches ou fantasias:; dominação, submissão, sexo com duas pessoas, sufocamento, anal, uniforme, roupa íntima usada… Tudo muito bom

  4. Penso no meu fetiche (Cdsinha) passiva sexo seguro com ativos, como forma de extravasar emoções… ter momentos íntimos de puro prazer sem os preconceitos e dogmas sociais…
    De forma sigilosa sem que isso ponha em risco a minha imagem nem a de terceiros…

    1. Tbm adoro ser cdzinha, gostaria de poder praticar mais vezes, mas devido ao preconceito, ainda pratico às escondidas. Pena, pois AMO estar de lingerie, blusinha, saia, meia calça, salto alto, maquiagem, unhas feitas e usando bijuterias..

  5. Sexo em grupo ,Anal,Exibicionismo,Chuva dourada e Sexo em grupo – gostaria muito muito muito muito mesmo de experimentar todos todos todos esses citados a cima e tem um que eu queria muito experimentar duas transexuais ao mesmo tempo

  6. Sou praticante de várias práticas de bdsm….é um universo que fascina, especialmente qdo temos afinidades e perfil compatível. Lembrando a principal regra é que seja seguro, saudável e consensual.. tendo isso é só viver, praticar!

  7. … faltou os fetiches de corno! Meu marido não vive sem, eu simplesmente adoro ser dominada [sem dor] por outros homens na frente dele, dominadores.. pegam com vontade, dão palmadas.. tapas na bunda.. nos xingam, uns fazem facial e mandam o corno limpar, srsrs, enfim faltou esse; Boa matéria parabéns aos envolvidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top