Dicas na hora de ir para uma casa de swing

Casa de swing: tudo o que você precisa saber antes de ir

Momentos de prazer e tesão sem limites, com experiências sexuais entre diferentes parceiros e parceiras. Esse, normalmente, é o pensamento quando se fala em nas chamadas casa de swing.

E, sim, a ideia de compartilhas prazeres com mais casais e outras pessoas são a ideia por trás do swing. Mas há mais do que isso, incluindo certas regras e etiquetas que devem ser observadas e seguidas nos estabelecimentos onde a prática acontece – clube ou casa de swing.

Apesar de ser considerada uma prática onde nada é proibido e tudo pode acontecer, não se pode levar ao pé da letra esse pensamento.

Por mais que seja um momento para vivenciar uma maior liberdade dentro do sexo, o fato de ser um ambiente controlado e com acordos verbais e não verbais é o que atrai muitos novo adeptos ao swing.

Casal no swing - casa de swing

O que é a casa de swing

O swing é uma prática sexual que, geralmente, envolve a troca de parceiros entre dois casais. No entanto, o swing pode frequentemente envolver mais pessoas, casais ou pessoas solteiras.

Esse tipo de experiência de sexo em grupo pode acontecer em ambientes privados, mas o fetiche de ter relações com diferentes pessoas e casais é comumente vivenciado em espaços dedicados, como clubes e casas de swing.

Esses estabelecimentos podem ter diferentes regras e até mesmo dias específicos para que pessoas entrem sem que tenho um parceiro(a). Ou mesmo, podem ter diferente política de preços para casais ou solteiros.

O swing também tem regras

Como funciona a casa de swing

Primeiramente, é preciso estar ciente que a casa de swing é frequentada por pessoas normais, que normalmente querem apimentar ou trazer uma nova brincadeira para sua vida sexual. As cenas de filmes com modelos e corpos esculturais devem ser deixados são apenas ilustrativas, não espere ver essas cenas.

Como dissemos anteriormente, algumas casas permitem a entrada de solteiros ou desacompanhados. O valor para entrada para essas pessoas, porém, são mais altos.

Algumas vezes, as pessoas podem contratar acompanhantes para poder entrar na casa com mais facilidade e poder trocar o parceiro sexual.

As casas de swing têm um ambiente de balada normal, mas com a adição de salas e quartos especiais passando a área de dança e socialização.

Regras do swing

As regras de cada casa de swing podem variar, é claro, mas há medidas gerais para todo e qualquer ambiente onde o swing é praticado a fim de evitar qualquer problema ou confusão na hora.

Veja aqui algumas regras gerais:

  • Segurança: Quem participa do swing quer fazer sexo com mais pessoas e mais vezes, certo? Então, o uso de preservativos é fundamental para manter a brincadeira acontecendo em segurança para que todos possam aproveitar totalmente.
  • Comunicação e transparência: Deixar claro seus desejos e vontade entre o próprio casal e para as pessoas com quem você se relaciona no swing é uma das regras básicas dessa prática. Seu parceiro ou parceira pode, pode exemplo, combinar com você algum gesto ou sinal de algo que queiram ou não queiram que você faça. O mesmo pode acontecer com as novas pessoas com que você se relaciona na hora do swing.
  • Nada de maldade: Algumas pessoas podem imaginar que o swing é um lugar onde pessoas fazem mal a outras. Mas é exatamente o contrário – a ideia do swing é que todos os participantes vivenciem seus desejos e fantasias de fazer sexo com mais pessoas.

A troca não é obrigatória

Apesar de o principal objetivo da casa de swing ser a troca de casais, você não é obrigado(a) a fazer isso. Se depois de tomar uns bons drinks, dançar e se divertir, você e sua companhia desejarem um momento de prazer particular, é só ir para um quarto privado e extravasar esse tesão a dois.

Falando em quarto privado, é importante destacar que você não é tem que se despir ou fazer sexo (se assim desejar) na frente das outras pessoas.

Além do espaço maior onde pode acontecer sexo entre dois ou mais casais, várias casas oferecem quartos menores onde você, sua companhia ou outro casal/pessoa que tiverem interesse em trocar em um local mais reservado podem aproveitar.

Como acontece a troca

Troca de parceiros no sexo não significa bagunça. Assim como qualquer interação ou relação, é preciso haver consentimento. Ou seja, todo mundo envolvido no swing tem que topar o que vai acontecer.

A comunicação, como mencionamos, é a chave para que a troca aconteça e todos se divirtam.

Falar e mostrar claramente o que você quer ou não quer fazer, tanto para sua companhia quanto para outras pessoas com quem você pode se envolver no swing, vai tornar a troca ainda mais interessante e prazerosa.

Não tenha vergonha em conversar sobre os mais detalhados desejos e vontades que quer vivenciar. Assim, as outras pessoas serão capazes de ajudar você, experimentando junto ou mesmo direcionando para quem pode ou quer fazer com você.

Casa de swing - veja como funciona

Combine os detalhes antes de ir para o swing

Antes de se decidir ir para uma casa de swing, esteja certo de que está tudo conversado e decidido entre você e sua companhia, sejam vocês um casal ou não.

Para que a experiência do swing seja realmente válida, é fundamental que ambos estejam realmente com vontade de vivenciar o momento e digam quais são seus limites ou medos e receios.

Após esse tipo de conversa, os dois devem criar suas próprias regras, além daquelas seguidas na casa de swing, que podem variar desde o grau de envolvimento até a escolha da pessoa com quem ambos irão se relacionar no swing.

Interessou a ideias de momentos de prazer e liberdade? Procure na sua cidade as opções de casa de swing e escolha aquela que mais agrada e que está de acordo com seus valores e desejos, considerando suas regras e espaços.

 

Nota: Durante o período de pandemia de COVID-19, evite se expor a riscos e siga as orientações oficiais de segurança para manter a sua saúde e das outras pessoas. Esteja atento também às regras de reunião de grupos de pessoas em sua cidade e estado.

11 thoughts on “Casa de swing: tudo o que você precisa saber antes de ir

  1. Boa tarde aos leitores, comecei há muito tempo sem estás maravilhosas dicas, porém com tempo, fui aprendendo, ah sou singles, e tinha casais amigos que em conversa deixavam entrever que topariam. Ainda não era especificamente casa de swing, então vera motel mesmo, fiz excelentes amizades e pude com transparências ter momentos bem especiais, qualquer que fosse a ” brincadeira “. rsrsrs que rolasse.

  2. Gostei das orienracoes gostaria muito de levar minha mulher no swing e ver ela sendo saboreada por tres mas ta muito dificil.entao vou com uma amante fazer uma farra gistosa saldavel e respeitosa entre os presentes. Espero receber propostas ao swing em algum local

  3. Sou consciente de meus desejos, respeito plenamente dos demais. Por isso que vivo intensamente o prazer livre e autêntico. Liberdade e respeito, sinônimo de AMOR compartilhado!..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top