O que é relacionamento aberto

Relacionamento aberto: descubra como funciona e se é para você

Apesar de que, para alguns, a monogamia possa ser uma decisão sem grandes consequências, para muitos não é tão simples assim. Por isso, o relacionamento aberto pode ser o caminho ideal para essas pessoas.

No entanto, para que o relacionamento aberto realmente funcione e seja bom para os dois lados, é preciso conhecer melhor como funciona, suas vantagens e desvantagens. Só assim é possível tomar uma decisão consciente de mudar o acordo no relacionamento.

Aqui vamos contar um pouco sobre as principais características do relacionamento aberto para que você entenda melhor se ele é o ideal para você.

Conheça mais sobre relacionamento aberto

O que é relacionamento aberto?

 Apesar de o termo “aberto” dar impressão de algo sem compromisso ou obrigações, o relacionamento aberto, na verdade, significa apenas uma relação onde a monogamia não dita a interação do casal.

Ou seja, no relacionamento aberto você não tem a exclusividade sexual que costumamos ter em relacionamentos convencionais.

Mesmo considerando que para haver sexo é preciso ter intimidade, vale ressaltar que a “abertura” desse tipo relacionamento costuma ser apenas física, não emocional.

Consenso é regra número um do relacionamento aberto

Mas pelo fato de o relacionamento aberto envolver intimidade sexual com outras pessoas, ele pode se ser bastante complexo.

Por essa razão, o entendimento real do que a abertura do relacionamento pode significar e o consentimento para que o encontro com outras pessoas aconteça é essencial.

Uma pesquisa online realizada pela Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, com mais de 1.600 pessoas revelou que as relações abertas que mais funcionam são aqueles na qual há um acordo claro entre as partes.

O consentimento de todos os envolvidos, dentro e fora do casal, precisa existir. Entre alguns dos principais entraves ou potenciais problemas num relacionamento aberto é não apenas lidar com as expectativas entre o casal, mas das outras pessoas com quem eles se relacionam.

Essas particularidades, no entanto, não significam que o relacionamento aberto é impossível de acontecer. Apenas que não é algo para todas as pessoas.

Mitos sobre o relacionamento aberto

Como o relacionamento aberto envolve o comportamento de ter vários parceiros sexuais, muita gente pode imaginar que não há regras ou limites na relação. Mas é exatamente o contrário.

O fato de ambos estarem mais aberto a conversar e entender as necessidades, desejos e fantasias um do outro é justamente o que torna o relacionamento mais harmonioso e com regras bem estabelecidas.

O estereótipo de que há um desapego no relacionamento também não é verdadeiro, uma vez que aqueles que escolhem ter um relacionamento aberto conseguem distinguir claramente o sexo do aspecto afetivo – elemento essencial para o relacionamento dar certo.

Nesse contexto, o famoso ciúme é algo ultrapassado, pois os dois entendem a necessidade sexual um do outro e estão confiantes de que abrir o relacionamento será saudável para o dois.

Relacionamento aberto - a regras dependem de cada casal

Como saber se o relacionamento aberto é ideal para você?

Como mencionamos, apesar de a ideia de ter vários parceiros sexuais ser bastante atraente para muitas pessoas, o relacionamento aberto tem suas particularidades e não é para todo mundo.

Conheça aqui as principais regras que envolve esse tipo de relacionamento e veja se é algo realmente que você deseja tentar.

Honestidade em primeiro lugar

É claro que, idealmente, todo relacionamento torna-se mais forte quando a honestidade dita a interação entre os dois.

Mas para o relacionamento aberto, particularmente, essa é uma regra indispensável. Enquanto em um relacionamento fechado, atração a outras pessoas e algum indicativo de ciúmes podem ser um ponto de conflito, para o que relacionamento aberto funcione esse tipo de conversa é essencial.

Existem algumas pessoas que simplesmente abrem seus relacionamentos, mas não desejam ter qualquer conhecimento sobre os encontros com outras pessoas do parceiro.

Mas mesmo nessas circunstâncias, é preciso ser honesto com você e com a outra pessoa, para que não haja atritos entre o casal e que o prazer seja legítimo.

Acordo entre as partes

É bem comum encontrar pessoas que topem essa dinâmica de relacionamento para tentar agradar ou reconquistar o outro. Mas isso pode ser um tiro no pé.

O relacionamento aberto não deve ser um mecanismo no qual apenas um dos dois tem suas necessidades atendidas em detrimento do outro. Abri mão dos seus desejos pode ser ainda mais prejudicial ao relacionamento em longo prazo, trazendo ressentimento e frustrações.

Portanto, escolher ter um relacionamento aberto deve ser uma decisão consciente e que seja verdadeiramente positiva para os dois lados. No cuckold, por exemplo, há homens que gostam de ouvir, ver e até mesmo de participar da relação da parceira com outros homens.

Independentemente do acordo entre o casal, os ideais devem ser compartilhados constantemente para que ninguém fique com suas expectativas não respondidas. Portanto, comuniquem-se sempre.

Honestidade e transparência são chave para o relacionamento aberto

Definindo regras básicas

Para que o relacionamento aberto realmente funcione sem problemas, é importante que haja muita conversa entre o casal – e com frequência – sobre o tema.

Definir, por exemplo, com quem o outro pode ou não se relacionar vai depender de cada pessoa. Há que possa preferir que o parceiro saia apenas com acompanhantes, para evitar qualquer conexão emocional evolvida.

Também pode haver regras que determinam que os dois não podem sair com pessoas do convívio habitual do casal, evitando qualquer constrangimento ou exposição em excesso da dinâmica a dois.

Sexo seguro sempre

Assim como em qualquer tipo de relação, no relacionamento aberto o sexo seguro é fundamental. Não é porque a dinâmica do casal aceita mais parceiros sexuais que as relações não devem ser protegidas.

Não só para evitar uma gravidez inesperada, mas para proteger contra doenças, a proteção no sexo deve ser sempre elemento básico de toda e qualquer relação que você tenha.

Conclusão

É importante destacar que tudo que as questões levantadas anteriormente não são um guia único de como um relacionamento aberto deve acontecer. Esse artigo é uma referência dos principais pontos a serem considerados quando se abre um relacionamento.

Não há uma fórmula para todos os casais, cada um sabe o que funciona melhor ou não para si. O mais importante é que todos os envolvidos estejam cientes, evitando confusões, e mantenham sempre a saúde e segurança de todos em primeiro lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top